terça-feira, 5 de julho de 2011

Yasmin 4 meses

Queridas obrigada pelas ajudas, pelos comentários.É esta fase é difícil mas com paciência a gente chega lá! Passei aqui rapidinho para dizer que nossa florzinha completou hoje as 10:55 da manhã 4 meses de existencia!


E pensar que 4 meses atrás eu estava com ela pela primeira vez nos meus braços. Nasceu tão pequeninha, tão caladinha, hoje se desenvolveu bem graças a Deus e esta uma meninona de 5 kilos e meio, conversadeira, risonha, forte, curiosa e das unhas afiadas rs. Mamae esta toda arranhada da gatinha dela que belisca o peito quando mama, que segura no meu dedo quando vai dormir.


Minha florzinha esta com 4 meses, com gengiva doendo, cheia de vontade, com um pulmãozinho bem forte e descobrindo a vida aos pouquinhos e ainda com muita coisa  pela frente!


Feliz 4 meses meu amor e que a sua vida seja assim como voce intensa, doce e feliz!



sexta-feira, 1 de julho de 2011

Dentição que frustração!


Eu estou frustrada. Simples assim, frustrada! Colhendo os frutos das coisas erradas que fiz. ( E como fiz !) Ansiedade de mãe de primeira viagem? Ou erros comuns que todos fazem?


Eu tinha um bebe que punha no berço, chorava um pouco mas dormia sozinha, que tinha uma rotina pre estabelecida. Ai veio uma gripe e mudou tudo, ai demorou um tempão para voltar ao ritmo. Depois veio férias e bagunçou mais um pouco,mas ai veio o processo de dentição que a mudou totalmente e veio minha frustração!


Yasmin agora só dorme na minha cama desde sexta passada. E não adianta por no berço, ela acorda e chora a noite toda,enquanto eu nao ponho ela no meu peito e na cama junto comigo ela não para de chorar. E nem é fome, é só querendo suporte emocional e proteção mesmo. Ai ninguem dorme bem ne? Hora de dormir para mim é um horror, por que é como se fosse uma luta, vence o mais forte ( ou o que tem o pulmão mais forte, rs, no caso ela ne?) Ai entra arrependimento, das vezes que por sono eu punha ela na minha cama enquanto a amamentava. Que hoje eu vejo que só deu chance para ela impor as condições dela de dormir comigo.  Eu me sinto uma péssima mãe, porque eu vejo que ela esta com sono, mas ela parece não acreditar que consegue dormir sem o meu peito ou no berço dela. E acredito que a maioria disso é culpa minha, de mãe super protetora  Eu queria tanto achar um forma que ela voltasse para o berço dela! Por mim e por ela!


Este processo longo e doloroso de dentição deixa baby e mummy quase loca, ela de dor e eu de frustração. Frustração por que alem da rotina ter ido para o brejo, e ela so querer dormir na cama conosco. Tem o fato que tudo que eu uso parece não adiantar muito neste caso. A noite, que eu acredito  que seja a hora em que a sua gengiva esta mais dolorida, ela olha para mim  com olhar do gato de botas, como se dissesse assim, " Mummy mummy faz alguma coisa eu estou com dor!" "Remedios como  paracetamol ( calpol) para criança, Ashton´s powder, calgel sao usados e o alivio dura poucas horas. A busca é incessante, tudo... tudo que encontro pela frente eu compro com a esperança de que possa aliviar a sua dor. (Vou hoje na farmácia comprar o Ibuprofen para criança) ( anti inflamatório) #oremos


Eu como mãe tenho o instinto de protegê-la e tentar aliviar esta dor o máximo possível. Isto funcionaria muito bem num mundo ideal, mas o mundo real, me mostra que as vezes existem problemas que não tem soluções possíveis a curto prazo! É a maternidade me lembrando constantemente, o fato da minha condição humana de imperfeita, impaciente, impontente e todos os im(s) possíveis e imagináveis!


Ô fasinha difícil para mim e para ela, acredito que nesta fase a gente só precisa aprender a sobreviver com a frustração, nós duas!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails